Piranhas/AL – Charme e História às margens do Velho Chico

Coisa boa é quando o destino nos leva àquela cidadezinha charmosa, com seu centro histórico bem conservado e população acolhedora. Ao passar por Piranhas, no sertão alagoano, unimos o primor de um Patrimônio Histórico Nacional – conferido em 2003 – com o panorama de encher os olhos quando nos deparamos com o São Francisco e suas águas. Fica até difícil saber quem é o protagonista, se o rio ou a cidade. Passei uma tarde lá, durante a minha viagem a Xingó, e por isso não tenho dica de hóteis ou opcões para comer, mas me me apaixonei pela “pequena notável” ribeirinha.

 

Piranhas_Alagoas

Arquitetura tombada e Velho Chico ao fundo

 

Mesmo com o macabro episódio da exposição das cabeças de Lampião e seu bando (foi ali próximo, na Gruta do Angico*, onde foram capturados), hoje suas paisagens reservam encantos e tradição. Um artesanato organizado, hotéis e pousadas confortáveis, bons restaurantes, economia da cidade sendo impulsionada pelo turismo e muita, muita vontade de voltar lá.

Torre do Relógio_Piranhas_Alagoas

Torre do Relógio vale a foto e a subida

 

O passeio pela cidade histórica pode ser feito em uma tarde, o que inclui subida aos mirantes Secular e o da Igreja do Bomfim, pausa para uma foto na Maria Fumaça, subida à Torre do Relógio e ida ao Museu do Sertão, o qual achei meio fraquinho. Depois disso, é só saborear um bom prato de peixe ou frutos do mar em algum restaurante da orla piranhense.

Maria_Fumaça_Piranhas_AL

O bom seria se a Maria Fumaça estivesse em atividade

 

Sentimental eu sou

Se para o resto do Brasil o rei da música é Roberto Carlos, Piranhas adotou outra “majestade”para chamar de sua. Com direito a título de cidadão piranhense e tudo, o cantor Altemar Dutra foi um ilustre visitante na cidade – isso bem antes do boom turístico nos últimos anos (ele morreu em 1983).

Estatua_Altemar_Dutra_Piranhas_Alagoas

Antes dos muitos turistas que visitam a cidade, Piranhas já servia de inspiração para Altemar Dutra

E não é que o “cantor das multidões” ganhou até estátua por lá? As paisagens serviram de inspiração para muitas de suas cancões e era lá o seu refúgio. Além do monumento, a pizzaria e restaurante com o mesmo nome do artista faz sucesso entre moradores e visitantes.

Mas tenho que concordar com Altemar, a beleza de Piranhas com a imponência do Velho Chico são impossíveis de não se inspirar. Vale a visita!

 

*Localizada no município sergipano de Poço Redondo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s