Fica em Hostel! – Caballo Loco (Montevidéu)

Engraçado uma coisa que acontece. Defini esta página como “Um Road Blog de destinos possíveis”, com o intuito de trazer opções para tornar sua viagem mais fácil – o que quer dizer mais barata. Mas só consigo classificar o post de hoje como realmente funcional no quesito grana.

caballo loco_montevideo

Sei que muita gente já tem em mente as vantagens de ficar em hostel. Além do custo benefício, estão localizados em regiões estratégicas para você bolar o melhor roteiro e a chance de se comunicar com o mundo estando acima ou abaixo de um beliche.

Aproveito o tema para falar as minhas impressões sobre o Caballo Loco Hostel, onde fiquei por duas noites quando estive em Montevidéu no mês passado. E olha, se você quer um lugar despojado, zero Coxinha, mas ao mesmo tempo limpo e  com bom atendimento, o local atende aos requisitos.  Você pode inclusive correr o risco de ir tomar café de pijama com tamanho desprendimento.

caballo loco_montevideo

Localizado no centro da capital uruguaia, são poucos passos para a Praça da Cagancha e numa breve caminhada se chega até a Praça da Independência e à Cidade Velha. Como Montevidéu não é uma cidade complicada de andar,  mesmo o hostel estando longe da orla, não tem muito erro pra chegar a Pocitos – a praia fluvial deles – e o Parque Rondon. Outra vantagem é que fica próximo ao terminal Tres Cruces, que é o fim da linha do ônibus que a gente pega no aeroporto.

Por dentro

Funcionando há pouco mais de um ano, o “Caballo” ocupa o andar de cima de um antigo sobrado, o qual os proprietários adaptaram com uma atmosfera jovem, descontraída, mas não perdendo a matriz arquitetônica. Com os espaços bem aproveitados, possui uma recepção convidativa, sala de jogos, terraço e uma cozinha bem organizada e aconchegante. E tudo agregado a muita personalidade na decoração, dando lugar também a Grafite e outras intervenções.

caballo loco_montevideo

São cinco quartos – sendo um exclusivamente feminino, onde fiquei – que comportam de quatro a dez hóspedes cada (não sei nos outros, mas o que eu fiquei tinha armários). E o mais interessante é a preocupação da galera em deixar tudo sempre limpo, essas coisas que fazem a diferença, não é? Paguei 20 dólares a diária.

001

Diante das minhas impressões, vale a pena atrelar sua viagem em uma cidade bacana como Montevidéu ao clima mega legal deste hostel.

Pegou bem

  • Fica no centro;
  • Organização;
  • Bom atendimento;
  • Preço;
  • Boas recomendações no Booking

Pegou mal

  • Não dá pra ir a pé para a orla de Pocitos;
  • Tem uma escada enorme e meio chatinha pra subir da porta de entrada até a recepção (se bem que hostel sem escada não é hostel, né?);
  • Mesmo o local bem dividido, há dois quartos bem próximos da recepção, o que fica difícil pra quem tem sono leve.
  • Não aceita real, por isso não deixe de cambiar antes de ir!

Serviço

Caballo Loco Hostel

Endereço: Héctor Gutierrez Ruiz, 1287, Centro, Montevidéu

Café da manhã? Sim

Wifi? Sim

Estacionamento? Não

Aluguel de toalha? Sim

E-mail: info@caballolocohostel.com

Mais informações: http://www.caballolocohostel.com

 

Obs.: A autora não recebeu qualquer forma de pagamento para publicar o artigo, como também pagou pela hospedagem do local. O conteúdo da postagem foi fruto das informações obtidas durante sua estadia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s